O entupimento de vaso sanitário é um inconveniente doméstico que pode acarretar em transtornos para o lar e comprometer o bem-estar das pessoas. Muitas vezes, se dá pelo uso incorreto do acessório, que acaba funcionando como uma lixeira, sendo alvo de descarte de papel higiênico, absorventes, fraldas e outros objetos. Quando esse tipo de problema acontece, o mais recomendado é contatar profissionais especializados, para que processos adequados sejam realizados e o vaso seja, completa e corretamente, desentupido.

Para o desentupimento de vasos sanitários, podem ser realizados três procedimentos, que não alteram a estrutura do banheiro. Um deles é feito com o sistema Roto-Rooter, que consiste em desentupir o encanamento através da introdução de um equipamento composto de um cabo preso a uma garra, em uma extremidade, que faz um movimento espiral. A partir desse movimento, a garra atua removendo os resíduos existentes no vaso, ao se enroscar neles.

Outro método é o desentupimento por gás pressurizado (ou CO2), que baseia-se em utilizar jatos, desse componente químico, de forma direcionada, sendo um jato de CO2, seguido de outro jato com a mangueira travada. Este processo, por mais simples, em alguns casos, pode não remover, por completo, os resíduos. Quando isso acontece, é necessário que o vaso seja retirado, mas de forma apropriada, para que não haja danos nos azulejos e encanação.

O processo mais utilizado para o desentupimento de vasos sanitário é o hidrojateamento, executado por água e uma bomba de alta pressão. Ele remove os detritos através de um hidrojato, gerado por pela bomba de alta pressão, produtora de uma vazão de mais de 200 litros de água por minuto. Tal sistema atua no decapeamento e na higienização do local.

Um vaso sanitário entupido pode ser detectando pelo mau cheiro e a descida de água lenta. Os procedimentos de desentupimento são simples e evitam contratempos mais significativos.

Desentupimento de Vaso Sanitário