Muitas pessoas já sofreram ou sofrem por conta da infestação de cupim, também conhecido por Formiga Branca. Eles existem muito antes de o homem sequer habitar a terra. Na época, os cupins já estavam trabalhando. Hoje em dia existem mais de 3000 espécies de cupins, que podem ser classificadas nas seguintes categorias:

CUPINS SUBTERRÂNEOS:

São denominados assim por construírem seus ninhos em lugares subterrâneos, porém, podem construir sua moradia em vários lugares como vãos, caixotes, ou qualquer outro espaço confinado, seja residencial ou comercial.

CUPINS DE MADEIRA SECA:

Constroem seus ninhos perto de seu principal alimento: A madeira. Eles são sensíveis à luz e apresentam sinais bem discretos de ataques. Quando os proprietários do imóvel percebem, o dano já é grande.

Eles atacam lugares pouco movimentados, como por exemplo, batentes de janelas e portas. Livros em estantes parados há muito tempo também são alvos fáceis.

COMO EVITAR:

  • Coloque telas protetoras para evitar que a revoada entre em sua casa.
  • Elimine qualquer foco de cupim da casa o mais rápido possível.
  • Sempre que possível prefira madeiras nobres.
  • Limpe a casa diariamente.
  • Destruir madeiras infestadas
  • Em caso de infestação, é importante contatar uma dedetizadora o mais rápido possível, pois o problema pode piorar.
Cupins; O que são e como evitá-los